Quem já conhece o meu blog, o Vivendo Sem Prada (se não conhece, corre lá pra conferir!), sabe que eu sou a rainha do garimpo de roupas!  Toda vez que eu saio para alguma feirinha ou alguma fast fashion sempre faço achados maravilhosos e todas as minhas amigas ficam loucas me perguntando que milagre que eu faço, como é que encontro aquelas coisas, que elas nunca acham nada e tal. Deve ser a lei da atração! hahaha

Então, resolvi dar algumas dicas de como garimpar bem e fazer uns achadinhos legais. As dicas são uma boa também para quem vai a brechós, é uma pena que por aqui por perto não tem nenhum, mas imagino o quanto de coisas legais que deve dá pra achar por lá. 🙂

como-comprar-em-brecho-dicas

1. Tenha paciência. Eu já sai de casa diversas vezes pra ir em feirinhas e em 5 minutos eu já estava voltando para casa ou fui ao shopping comprar algo e acabei sentada no banquinho esperando o resto do pessoal simplesmente porque não estava com paciência. Você deve respeitar sua vontade acima de tudo! Se você estiver no meio daquela bagunça, com aquela gritaria e aperto sem querer estar ali com certeza você não vai achar nada que preste e o bode só vai aumentar!

2. Xô, preconceito! A maioria das meninas olham torto para as barracas que estão gritando “cinco reais” ou para as araras de promoções das fast fashions… Pra ser sincera, assim que eu entro numa loja a primeira coisa que eu faço é ir pra essas araras! Depois de olhar tudo que tem por lá é que eu vou olhar a coleção em destaque! hahaha E olha, esse costume já me rendeu achados maravilhosos… Se eu fizer uma lista com as peças de R$5 reais que eu já comprei em feiras vocês vão ficar de boca aberta! Só pra vocês terem noção e acreditarem em mim, a saia desse look foi uma delas. 🙂

3. Abra sua mente quanto a customização. Eu não tenho preconceito ao olhar uma peça… Sei que ela pode ser mudada! Então ao pegar a peça, analise e veja se com uma ida à costureira ou com os aviamentos certos ela não pode dar aquele UP! Um grande exemplo disso é essa saia laranja, uma das minhas preferidas. Eu peguei, olhei, amei a cor e ela era no meio da canela, sabe?! Tipo Irmã Zuleide lifestylehahaha. E ainda tamanho G! Mas me apaixonei pelo corte diferenciado e essas assimetrias, então levei na esperança de dar um jeito. Eu tenho a sorte que minha mãe tem uma máquina e sabe costurar e apesar de não ter muito tempo, ela sempre me acompanha nessas. Mas acho que se você tiver que levar na costureira esse tipo de serviço sai super barato!

4. Se pergunte: Eu vou usar isso mesmo?! Você achou uma loja super barata e na hora da emoção escolheu 30 peças pra levar pra casa por causa do preço maravilhoso. Pare e pense se aquilo tudo realmente é útil, se você vai usar mesmo cada peça. Mesmo sendo barato, não é bom exagerar… No final das contas você pode estar desperdiçando dinheiro e aquele monte pode acabar esquecido no fim do guarda-roupa.

5. Eu não sou dessasque fique claro. Mas você tem vergonha de comprar/usar roupas de certas lojas ou marcas? Se joga na tesoura e corta a etiqueta, menina! hahaha Bota um maxi glass no rosto, vai ás compras e ninguém precisa saber de onde é.

3781

DSC00028

Gostaram das dicas?! Se quiserem achar muitos looks legais usando os meus achados, não esqueçam de visitar o meu blog!

Beijos e até a próxima!

Denise_ass