Olá Mulheres Perfeitas do nosso Clube!

Hoje eu vou falar um pouquinho a respeito das estrias.

Tratamento-de-estrias_edit

Esta é uma queixa muito frequente no consultório, e as pessoas, cada vez mais, estão procurando tratamento.

Antes se achava que não tinha muito o fazer, mas agora já se sabe que há, sim, algumas formas importantes de melhora.

As estrias são cicatrizes de estiramento da pele.

A prevenção das estrias é muito importante, deve-se manter a pele hidratada através da ingestão de água, aplicando loções corporais e evitando ganho excessivo de peso. Essas orientações valem principalmente para as gestantes.

Entretanto, há a questão genética e hormonal envolvida na formação de estrias. O uso de algumas medicações, algumas doenças e a rápida hipertrofia muscular (vista principalmente em homens) também são outros fatores envolvidos.

Existem, atualmente, alguns tratamentos, mas é sempre bom lembrar que as estrias eritematosas
(vermelhas/recentes) respondem melhor ao tratamento do que as brancas. Mas ainda não podemos falar em cura.

Estes são os principais tratamentos para estrias: ácidos, peeling, dermoabrasão e laser.

O principal ácido é o retinóico, que estimula o colágeno da região das estrias. Ele tem o inconveniente de irritar a pele e a gestante não pode utilizá-lo.

Os peelings são procedimentos realizados em consultório, onde são utilizados ácidos em maiores concentrações, podendo-se associar com dermoabrasão (esfoliação mecânica). Devem ser feitas algumas sessões para obter melhor resultado.

O laser é uma tecnologia utilizada para estrias mais recente, tem como vantagem agir mais profundamente na pele, pode ser utilizado em mulheres amamentando, e oferece, muitas vezes, uma resposta estética superior. Também são necessárias algumas sessões.

Desta forma, logo que você ver uma estria, não demore para procurar auxílio.

Beijos a todas.

Cuidem de sua pele.

Luciana Moratelli

Dermatologista